A suprema excelência do amor

Ainda que falasse a língua dos homens e dos anjos e não tivesse amor,seria como o metal que soa ou como sino que tine. Ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. E ainda que distribuísse toda minha fortuna para o sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.O amor é sofredor,é benigno,o amor não é invejoso,não trata com leviandade,não se ensoberbece,não se porta com indecência, não busca os seus interesses , não se irrita,não suspeita mal; não folga com a injustiça,mas folga com verdade;tudo sofre,tudo crê,tudo espera,tudo suporta.O amor nunca falha,agora pois, permanecem a fé,a esperança e o amor,mas o maior destas é o amor.
1 Coríntios 13

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Calei-me


Calei-me por ti fazes parte de mim 

Se fores feliz isso feliz me faz

Se sofreres isso me doe mais

Não me causa prazer 

Ter que sofrer para aprender

Se falas duramente meio displicente

Surpreendes-me...

Parece que nunca serei o bastante

Mesmo perto e tão distante...

2 comentários:

  1. Que maravilha. Eu amo suas postagens. Me ajudam em muitas coisas.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada jaque! Bom saber que o que escrevo te ajuda!
    me faz feiz quando poso ajudra alguém!!! Bjs nega.......

    ResponderExcluir